UMA AVENTURA NO LAGO


O cenário é o grande lago do Alqueva na primavera e ser na primavera é cromaticamente fundamental. O enredo não é particularmente elaborado, mas está bem definido à partida: vinte e tal indivíduos das mais diversas proveniências e de múltiplos backgrounds que se juntam na água para três dias de navegação em autonomia. As personagens, cada uma das vinte e tal individualidades, a maioria velhos conhecidos destes filmes e um pequeno grupo de recém-chegados, uma grande panóplia de personalidades e características que, nas proporções e condições certas, despoletam uma série de situações que se vão somando rumo a um desfecho épico.

Nota da crítica: “A obra é fraquinha, dentro do registo a que o autor já nos habituou e não passa dali!”

Nota do público: “Venha a próxima!”

Nota do autor: “Um enormíssimo obrigado a todos, com um obrigado ainda mais especial aos estreantes!”

Agora o que interessa realmente, as imagens possíveis: (clicar na foto para aceder à galeria de imagens)




Notícias recentes